Chico Whitaker
   
 
Estantes
Chico Whitaker?
O que são estas estantes?
Combate à corrupção
Direitos Humanos
Educação, mobilização e organização popular
Fórum Social Mundial
Iniciativas politicas
Jornadas Internacionais - Superando as Dominações
Livros e artigos
Na Camara Municipal de São Paulo
Na Igreja
No Partido dos Trabalhadores
Novos movimentos sociais (indignados, occupy)
Participação popular
pequenas reflexões
Planejamento
Por um Brasil livre de usinas nucleares
Redes
Reforma Política
Vídeos
X - Artigos citados em meus textos
Ordem Alfabética
Redes
 
2002-05-01 - Conversando com Chico Whitaker – Sobre Redes
 

Texto redigido por Francisco Whitaker, que acompanha o vídeo “Conversando com Chico Whitaker – Sobre Redes”, das Edições Paulinas

   
1993-05-01 - REDE: UMA ESTRUTURA ALTERNATIVA DE ORGANIZAÇÃO
 

Quando pessoas ou entidades se associam para realizar determinado objetivo, elas precisam se organizar. A estrutura de organização mais usualmente adotada é a piramidal.

 

Outra estrutura de organização vem sendo no entanto cada vez mais experimentada, especialmente nos países do Primeiro Mundo: a estrutura horizontal em rede.

 

O autor do artigo participou, na França, de 1975 a 1981, de uma experiência desse tipo, as Jornadas Internacionais por uma Sociedade superando as dominações, projeto da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil - CNBB que interligou participantes de mais de 90 países. Foi a época em que essa proposta organizativa começou a se espalhar pela Europa e Estados Unidos. No Brasil ele viveu uma nova experiência importante de rede, a partir de 1985, com o Plenário Pró-Participação Popular na Constituinte: mais de 12 milhões de assinaturas chegaram a Brasília, nas Emendas Populares. Esse processo continuou na elaboração das constituições Estaduais e das Leis Orgânicas Municipais. Atualmente várias outras redes vem se implantando entre nós: cristãos de Classe média, Universidade Mútua, Rede de Reflexão Política Livre - Repolítica.

 

O presente texto apresenta as características principais dessa proposta de organização, como subsídio para o aprofundamento da reflexão e do debate em torno da mesma.

   
- » Trabalhando em Rede » Reflexões
 

Entrevista com Francisco Whitaker, secretário-executivo da Comissão Brasileira de Justiça e Paz

 

A equipe do RISolidária conversou com o membro do comitê organizador dos Fóruns Sociais Mundiais, Francisco Whitaker. Nessa entrevista, Whitaker fornece um panorama da utilização do conceito de rede como prática da sociedade civil, percorrendo brevemente o contexto de sua adoção, a relevância para as ações na área social e os principais desafios e dificuldades a serem superados.

 

Francisco Whitaker é arquiteto por formação; líder político por vocação, engrossou a leva de exilados brasileiros na época da ditadura militar, nos décadas de 60 e 70. Passou 15 anos entre a França e o Chile, virou especialista na área de planejamento e voltou ao Brasil em 1981.

Com um longo histórico de engajamento em entidades ligadas à Igreja Católica, desde a militância na Juventude Universitária Católica (hoje Pastoral da Juventude) até a participação em projetos da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Whitaker foi também vereador em São Paulo e atualmente é secretário-executivo da Comissão Brasileira de Justiça e Paz, órgão vinculado à CNBB. Whitaker foi um dos primeiros a utilizar na área política o conceito de rede como forma de organização, com o objetivo de superar às imposições dos grupos de poder.

   
 
Artigos 1 a 3 de 3